A brincadeira mais perigosa

Scroll down to content
Há dias em que a criança
Salta de seu exílio
E se põe na borda dos olhos
Desejosa daquilo que lhe fez feliz:
Um balanço ao ar livre,
Banhos de chuva,
Brigadeiro na colher,
Rodas de ciranda,
Esconde-esconde…
Criança é o que somos,
Criança brincando
De ser adulto,
A brincadeira
Mais perigosa!
O perigo em ser adulto
Está no fato
De a brincadeira
Engolir a criança
E despi-la
De sua inocência…
O adulto não existe
É uma fantasia,
Uma tortura imposta
Pela brincadeira de sê-lo,
Brincadeira que exila a criança…  
Criança é o que somos,
Crianças fantasiando
Perigosamente ser mais
Do que inocência,
A fantasia fria de ser adulto,
O perigo que a todos
Espreita sem descanso… 
Anúncios

Olá! Obrigado pela visita.

%d blogueiros gostam disto: