Caçador


Amo tudo o que sou
E odeio aquilo que em mim
Não alça voo,
Pois trago em mim
Milhares de erros
E um número ínfimo de acertos.
Sou aquele arqueiro teimoso
Que arremessa a seta
Incansavelmente
E vez por outra acerta um sonho.
Sou um caçador
Que na caçada da vida
Acaba caçando EU mesmo,
Pois triste é aquele
Que não esfola a si mesmo

Para libertar um EU novo.

Anúncios

Olá! Obrigado pela visita.

%d blogueiros gostam disto: