Minha estrada

Há uma estrada estendida
Com inicio e fim,
Em um destino que preciso atingir,
Curvas,
Aclives,
Declives,
Retas,
Lama,
Cascalho…
Um dia tenho de alcançar
A outra extremidade,
Não desejo chegar pela manhã,
Nem durante o meio dia,
Muito menos na meia tarde,
Desejo mesmo
É chegar ao entardecer,
Contemplar o pôr do Sol,
Despir-me da vida

E adormecer…

Anúncios

Olá! Obrigado pela visita.

%d blogueiros gostam disto: