Temperos e a magia da vida

Pudera
Pudéssemos ser apenas um corpo,
Uma só voz, um só olhar,
Apenas um único rosto…
Pudera
Fossemos apenas uma música,
Um único passo
De uma dança interminável
A balançar apenas um corpo…
Pudera
Fossemos só alegrias,
No entanto, que bom!
Sermos Eu e Tu humanos
Com qualidades e defeitos,
Onde estão os temperos e a magia da vida,
Pois há uma interminável tristeza
Naquilo que é reto,
Naquilo que é totalmente perfeito…
Anúncios

Olá! Obrigado pela visita.

%d blogueiros gostam disto: