Pensamentos e reflexões de Davi Roballo e outros autores
Teu corpo nu
Entre o azul
Do linho
Das fronhas
E do lençol
Confundia-se
Com meu corpo
Amarrotando
O forro de cama

Úmido de nosso suor.

Anúncios

Olá! Obrigado pela visita.

%d blogueiros gostam disto: